Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • Cadernos de Bernfried Jarvi
  • Cadernos de Bernfried Jarvi

Cadernos de Bernfried Jarvi

14,00 €  
IVA incluído

(Disponível a partir de dia 10 de Dezembro)

Cadernos de Bernfried Jarvi

de Rui Manuel Amaral


Capa de lina e nando
Paginação de Pedro Simões

Este é a primeira “longa metragem” de Rui Manuel Amaral. Rui Manuel Amaral é autor de Caravana (Angelus Novus, 2008), Doutor Avalanche (Angelus Novus, 2010) e Polaróide (Língua Morta, 2015). Traduziu Oliverio Girondo, Francisco Tario, Virgilio Piñera e Ruben Darío. Editou Konstantinos Kaváfis, Antonin Artaud, Daniil Kharms, Felix Fénéon, Charles Cros, Alphonse Allais, entre outros.

Excerto:

Esta noite sonhei com um livro. Esta noite? Não. Não esta noite. Há várias noites, há muitas noites, há muitas, muitas noites que sonho com um livro. O livro-furacão. O livro-vendaval. O livro-inundação. O livro-incêndio. O livro-guerra. O livro-explosão. Não o «livro — traço — explosão», mas o livro-explosão-colossal-e-infinita. O livro-onda-gigante. O livro-tremor-de-terra. O livro-lava. O livro-canibal. O livro-grito. O livro-sussurro. O livro-sopro. O livro-sufoco. O livro-punho-fechado. O livro-mão-aberta. O livro-faca-apontada-ao-coração. O livro-contra-luz. O livro que está cheio de vozes. O livro que é a minha cabeça. O livro que é a minha carne. O livro que é nada.
Com pausas para fumar cigarros, com certeza.

O sonho é tão vívido que sou capaz de reconstituir o índice, capítulo por capítulo.

ÍNDICE DO LIVRO DO SONHO

I - A figueira estéril
II - As chamas da madrugada
III - O exílio
IV - Há alguma coisa dentro de mim. O que é?
V - A mão no fogo
VI - Os comedores de batatas
VII - O mistério em plena luz
VIII - O homem da orelha cortada
IX - O campo de trigo dos corvos

Ah, tão triste e tão poético.
Já chega.

É mais do que tempo de começar. Preciso de escrever como tudo isto aconteceu.

Os começos são sempre o que há de mais belo.

Cadernos de Bernfried Jarvi
de Rui Manuel Amaral

×