Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • «O Mais Sacana Possível»: A Revista Almanaque (1959-1961)

«O Mais Sacana Possível»: A Revista Almanaque (1959-1961)

23,90 €  
IVA incluído

SKU: 9789896717148

«O Mais Sacana Possível»: A Revista Almanaque (1959-1961)
de António Araújo

312 pp
Tinta da China, 2022
9789896717148

«O mais sacana possível», assim era o programa da Almanaque, a mítica revista que Cardoso Pires lançou em finais de 1959, com uma equipa de luxo – SttauMonteiro, Alexandre O’Neil, Augusto Abelaira, Baptista-Bastos, Vasco Pulido Valente, José Cutileiro – e o grafismo ímpar de Sebastião Rodrigues, além da colaboração de todos os grandes nomes da cultura portuguesa do pós-guerra. Durou pouco, 18 números, e o que dela ficou, ao fim destes anos todos, é demasiado pouco para aquilo que a Almanaque representou à época em que viu a luz, com a sua desconcertante originalidade. Foi uma aventura efémera e inconsequente, sem dúvida, que este livro tenta recuperar e honrar, mas também uma pedrada no charco da tacanhez provinciana do Portugal-Salazar.
×