Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • Não se vê nada

Não se vê nada

20,00 €  

Nas investigações que integram este volume, versando sobre autores e obras bem conhecidas do público e da história da arte, tais como a "Vénus de Urbino", de Ticiano, "As Meninas" de Vélasquez, a "Anunciação" de Francesco del Cossas, a "Adoração dos Reis Magos" de Bruegel ou "Marte e Vénus surpreendidos por Vulcano" de Tintoretto, o autor contrói, com extraordinária sagacidade e sentido de humor, um olhar radicalmente novo sobre as mesmas. Perante detalhes conhecidos ou aspectos de conjunto insuficientemente considerados, na comparação com outras obras do mesmo autor ou coevas, desafiam-se os truísmos - os impensados, os lugares comuns - com que a história da arte genericamente opera, tecendo-se uma proposta metadológica que coloca no seu centro e olhar atento e apaixonado daquele que vê.

de Daniel Arasse
110pp.

×