Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • DIÁRIO 1953-1958

DIÁRIO 1953-1958

25,00 €  
IVA incluído

DIÁRIO 1953-1958
Witold Gombrowicz

tradução deTeresa Fernandes Swiatkiewicz
revisão de Nuno Quintas
534 páginas
Antígona, Novembro de 2021
ISBN: 9789726083924

Buenos Aires, 1953. Witold Gombrowicz, polaco exilado cuja consagração era ainda uma miragem, escrevia as primeiras linhas - talvez das mais memoráveis em toda a literatura - deste diário inclassificável, que só a sua morte interromperia em 1969.
Destinadas aos leitores polacos da revista Kultura em Paris, estas crónicas sobre uma miríade de temas, em que «cada palavra é escrita contra a corrente» e pura dinamite que rebenta com estrondo ideias feitas, converter-se-iam na magnum opus do autor.
Destas páginas nada sai ileso: o efémero conforto das ideologias, a pequenez dos nacionalismos, o provincianismo literário, a arte politicamente comprometida e a humanidade em geral. Proibido pelo regime comunista na Polónia, Diário circulou clandestinamente e apenas em 1989 foi publicado sem os cortes da censura.

O Diário ocupa um lugar único na literatura contemporânea.
Rita Gombrowicz

Ter este livro nas minhas mãos deu-me uma grande alegria: mais cedo ou mais tarde, as personalidades fortes, como a de Gombrowicz, recebem o merecido reconhecimento graças à absoluta intensidade da sua existência.
Czeslaw Milosz

O Diário de Gombrowicz não só nos ajuda a viver mas também nos torna mais inteligentes.
Enrique Vila-Matas

O Diário de Gombrowicz influenciou profundamente as minhas noções de identidade e literatura.
Karl Ove Knausgård

×