Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • A Grande Bebedeira

A Grande Bebedeira

15,00 €  

Autor: René Daumal
Tradução: Lurdes Júdice
Desenhos: João Maria Gusmão e Pedro Paiva
Design: Sofia Gonçalves
Nº de páginas: 160

[2º edição]

«A Grande Bebedeira, único romance de René Daumal publicado em vida do autor, começou a ser escrito em Nova Iorque, (…) em 1932-33.
(…) A par da reflexão subjectiva e do desejo de transformação interior, está presente ao longo de todo o relato uma visão da sociedade da época, a sua crítica, e o desejo de a ver transformar-se. Deste ponto de vista, é particularmente interessante o panorama que nos é dado do mundo cultural, científico, religioso e político.
(…) Trata-se de um romance muito centrado na realidade, mas onde esta é descrita de forma surrealista, num tom humorístico e paródico, com grande imaginação e um domínio total da língua e da linguagem, como é característico no estilo de Daumal.»
Lurdes Júdice (2016) in “Apresentação”, A Grande Bebedeira

 

x

René Daumal (Boulzicourt, 1908 – Paris, 1944) foi escritor, poeta, ensaísta e tradutor.

Aos 6 anos é assaltado pela ideia de morte e pela angústia do absolutamente nada. Estas preocupações não lhe oferecem tréguas, e no início da adolescência, vê-se diante de outro dos seus maiores terrores: o desconhecido. Durante esta época leva a cabo um variado número de experiências numa tentativa de compreender a morte, os estados do sono e os diferentes níveis de consciência. Com estas experiências intui um outro mundo onde o pensamento supera os limites da linguagem discursiva.

Em 1927 funda com Roger Gilbert-Lecomte, Roger Vaillant e Robert Meyrat, o movimento de investigação literária e filosófica Le Grand Jeu. Deste movimento surge uma revista com o mesmo nome, e na qual Daumal edita os primeiros poemas e ensaios. Logo no primeiro número o grupo manifesta a intenção de colocar todas as coisas em questão e de acreditar em todos os milagres.

Em 1932, durante a sua viagem aos Estados Unidos da América, começa a escrever A Grande Bebedeira, que reflecte a crise no seio de Le Grand Jeu e constrói uma crítica ácida da sociedade..
Termina A Grande Bebedeira em 1937. Editado em 1938 pela Gallimard, é o seu único romance publicado em vida.

x

×