Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • Nervo

Nervo

Nervo
João Candeias

«A poesia não tem “fórmulas” certas, embora se tente impor esse objectivo. Esta poesia pretende reflectir o inconsciente da sociedade em que vivemos.

A nossa individualidade é a nossa liberdade.

Não permitamos pois que nos esmaguem com a irracionalidade das massas e a fatalidade no recôndito do tempo.

A  fragmentação do texto é mais uma forma de oposição à constância da lei e da ordem estabelecidas.»

ISBN: 978-989-8592-72-9

Dimensões: 11x15cm

Nº páginas: 64

Ano: 2016, Setembro

Género: Poesia

×