Portes grátis para Portugal (excepto envios à cobrança)
  • A história da milésima segunda noite

A história da milésima segunda noite

"Um mirabolante episódio da guerra dos sexos nascido da imaginação de um gigante da literatura mundial" Günter Grass (prémio Nobel de Literatura)
Estamos em finais do século xix e o todo-poderoso Xá da Pérsia decide visitar «terras exóticas» e na rota dos muitos países estranhos que visita com o seu séquito e o seu harém está a capital do império austro-hún­garo, Viena, nessa época, o centro da Europa culta.

Num baile em sua honra, o Xá vislumbra a bela Condessa Heléne W., protótipo dos novos tempos, defensora dos direitos das mulheres e uma personalidade indomável. A decisão que é tomada nessa altura pelas autoridades diplomáticas vai alterar as vidas dos vários persona­gens envolvidos, tornando-se na ruína de uns e na fortuna de outros, numa imparável sequência de dominós em derrocada.

«Este é o primeiro grande romance «total» de ideias da literatura euro­peia. Nele se discutem os direitos das mulheres e dos homens, os valores sociais, o peso dos direitos individuais face ao bem estar da sociedade, a relevância do sexo, o lugar do amor...» Klaus Grumbauer

«Roth foi o mestre que moldou toda a literatura de expressão alemã moderna. Nenhum escritor hoje em dia, por mais que o negue, deixa de estar sob o seu feitiço.» Irmgard Keun

«Qualquer texto de Roth põe em causa toda uma sociedade.» Thomas Mann

«É um homem impossível, um companheiro espantoso e um escritor genial.» Irmgard Keun

«Joseph Roth é a voz cristalina do fim de um mundo. [...] Ninguém escreve como ele sobre Viena e as suas gentes, acima de tudo, aliás, ninguém escreve como ele.» André Malraux

×